Como Ter Tráfego No Site - JS Web Stúdio
Alto tráfego é bom para os seus negócios - mas o seu site atual está pronto para isso?

Com milhares de visitantes do site por dia, você também recebe um grande número de solicitações simultâneas.

Seu site e sua infraestrutura subjacente deve poder acompanhar essa quantidade de tráfego. Caso contrário, sofrerá com tempos de carregamento lentos e pouca experiência do usuário. No final, você pode observar conversões mais baixas, pontuações de SEO e uma reputação on-line corrompida.

Não permita que um site com desempenho ruim atrapalhe o potencial do seu negócio. Gerencie bem o tráfego do site e você colherá os frutos suados de seu trabalho.

Como? Esses oito fatores principais ajudarão a acompanhar as demandas de um site de alto tráfego.

1- MELHORE A EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO

A primeira coisa que você deve considerar é a experiência do usuário. Como seus clientes em potencial estão experimentando seu site? E como isso influencia suas interações com seus negócios?

Esse é um tópico enorme por si só, mas um bom lugar para começar é o tempo de carregamento. Se o seu site carregar lentamente, você perderá visitantes antes mesmo de ver o que sua empresa reserva para eles.

Mas quão rápido é o suficiente? De um modo geral, as páginas devem carregar em menos de 3 segundos.

De acordo com o Estudo de velocidade de página para celular do Google em 2018, 53% dos visitantes deixam páginas que demoram mais que esse tempo para carregar.

Isso significa perda de conversões para o seu negócio e, finalmente, perda de lucros.


2- LIMITE DE CONTEÚDO DINÂMICO

O conteúdo dinâmico usa scripts ou aplicativos para exibir o conteúdo para o usuário.

Uma vantagem importante é que personaliza a experiência do usuário.

Mas isso também traz desvantagens significativas.

A instalação de muito conteúdo dinâmico em seu site pode reduzir significativamente a velocidade da página, que já abordamos acima.

O conteúdo dinâmico também é o primeiro a falhar em situações de tráfego intenso.

Se seus visitantes encontrarem erros no banco de dados, adivinhem? Você perderá tráfego e, como resultado, sofrerá uma queda nas conversões.

Tente usar o conteúdo estático sempre que possível e mantenha a codificação dinâmica no mínimo. Quando se trata de lidar com grandes quantidades de tráfego, a confiabilidade é fundamental.

3- ATUALIZE SUA HOSPEDAGEM

Um gráfico mostrando a diferença entre hospedagem VPS e hospedagem de servidor dedicada

Se o seu servidor de hospedagem não for capaz de lidar com o volume de tráfego, o desempenho do site diminuirá.

Você está usando um pacote de hospedagem compartilhada? Se você respondeu sim, esta é a primeira coisa que você deve resolver.

Os planos compartilhados oferecem largura de banda limitada. Para sites de alto tráfego, esse é outro risco significativo para o desempenho, pois você compartilha os recursos com outros sites.

Mesmo que isso funcione bem no momento, é provável que um aumento no tráfego de outro site afete sua confiabilidade.

O uso regular de mais do que o compartilhamento de largura de banda alocado também pode causar multas.

Para sites de alto tráfego, você precisará de um servidor virtual privado (VPS) ou um servidor dedicado. Veja como eles diferem:

Um VPS divide um servidor em vários ambientes virtuais, que são executados independentemente. Este pode ser um bom trampolim de um pacote de hospedagem compartilhada. Você ainda estará compartilhando alguns recursos, mas com menos sites e um risco geral reduzido.

Um servidor dedicado garante que você tenha um servidor inteiro para si. Esse é o mais caro, mas o mais confiável - portanto, pode ser um bom investimento em algumas circunstâncias.

4- SIMPLIFIQUE O DESIGN DO SEU SITE

Essa deve ser a regra número um de qualquer site, não importa quanto tráfego ele receba: seja simples!

Sites simples têm melhor desempenho. Carregam mais rápido, experimentam menos erros e proporcionam uma melhor experiência ao usuário.

Um estudo do Google descobriu que os usuários percebem sites complexos como menos atraentes. E eles fazem esse julgamento em menos de um segundo.

Aqui estão algumas maneiras de simplificar seu design:


  • Limpe seus scripts, removendo os que não são necessários;
  • Use o mínimo de plug-ins;
  • Realize uma auditoria de link e corrija quaisquer links quebrados ou desatualizados;
  • Remova anúncios de distração;
  • Mantenha suas páginas organizadas;
  • Coloque as informações mais importantes acima da dobra;
  • Facilite a navegação dos usuários pelo seu conteúdo;


5- OTIMIZE IMAGENS

Imagens e outras mídias são uma característica fundamental do design do seu site - mas use-as com sabedoria.

Todos os sites devem otimizar rotineiramente as imagens, mas deve ser sua principal prioridade se você estiver enfrentando problemas com a velocidade da página.

Aqui estão algumas dicas:


  • Escolha o formato de imagem certo para o seu site. 
  • Os JPEGs são os mais comuns, devido ao equilíbrio entre qualidade e tamanho do arquivo, mas GIF ou PNG geralmente é uma opção melhor para logotipos e gráficos simples.
  • Comprima imagens para reduzir ainda mais o tamanho do arquivo.
  • Redimensione-os antes de fazer o upload.
  • Use apenas imagens quando necessário - isso também ajuda a manter suas páginas simples.


5- USE REDE DE ENTREGA DE CONTEÚDO

Uma rede de entrega de conteúdo (CDN) é uma rede de servidores espalhados por todo o mundo que entrega conteúdo de acordo com a localização do usuário.

Eles são ideais para sites de alto tráfego e oferecem os seguintes benefícios:

Reduz a carga no servidor principal, aumentando a capacidade da sua oferta de hospedagem.
Entrega seu conteúdo mais rapidamente.
Aumenta a disponibilidade do seu site.

7- COMPACTAR ARQUIVOS

Não são apenas suas imagens que se beneficiam da compactação. Você pode compactar uma variedade de arquivos no seu site para aumentar a velocidade da página.

Existem algumas ferramentas para ajudá-lo a fazer isso - o Packer e o Google Closure Compiler são dois dos mais populares.

Essas ferramentas removem dados redundantes e compactam scripts para aumentar significativamente o desempenho do site. Como mencionamos anteriormente, velocidades mais rápidas da página resultam em melhor experiência do usuário e, consequentemente, mais conversões.

8. ALAVANCAR O CACHE

Se um visitante já usou seu site antes, é provável que ele tenha parte do seu conteúdo armazenado no navegador.

Ao aproveitar o cache, você acessa essas informações armazenadas - reduzindo o número de solicitações necessárias entre o servidor e o navegador.

Existem algumas maneiras de fazer isso, incluindo:

Usando plugins do WordPress (por exemplo, WP Rocket)

Usando os cabeçalhos expirados - definindo um período mais longo para conteúdo estático que não precisa de atualizações regulares. Isso permite que o navegador saiba quando é necessário verificar novamente se há atualizações.
Usando uma CDN

CONCLUSÃO

Gerenciar um site que recebe grandes quantidades de tráfego vem com responsabilidades. Existem várias maneiras de melhorar seu desempenho e garantir que o tráfego seja convertido em lucros. Portanto, certifique-se de usar esses oito elementos essenciais como ponto de partida.

VEJA TAMBÉM:

12 Dicas de Como Deixar Seu Site Profissional
Como Aumentar a Conversão Para o Seu Site
8 Razões Pelas Quais As Pessoas Deixam Seu Site
Como Escolher O Nome De Domínio Perfeito
Diferença Entre Servidores Em Nuvem e Servidores Dedicados